Dra Mariana Neto Silva| Clinica Pediátrica Mamãe Coruja                                                                                                                             
 
Buscar
  • Dra. Mariana Neto Silva

Março Lilás - Cuidado ao Bebe Prematuro

Atualizado: Mar 19


No Brasil, nascem em torno de três milhões de crianças por ano, sendo cerca de 11% prematuras. Por isso é fundamental que haja uma assistência especializada, tanto no pós-natal imediato como também depois da alta hospitalar, munindo a família de informações sobre os principais cuidados para garantir qualidade de vida para esses pacientes.
Março Lilás | Atenção ao cuidado do bebe prematuro

👩‍⚕‍Atenção ao cuidado do bebê prematuro busca informar e capacitar equipes médicas sobre os cuidados e desafios relacionados aos bebês prematuros. No Brasil, nascem em torno de três milhões de crianças por ano, sendo cerca de 11% prematuras. Por isso é fundamental que haja uma assistência especializada, tanto no pós-natal imediato como também depois da alta hospitalar, munindo a família de informações sobre os principais cuidados para garantir qualidade de vida para esses pacientes.

.

E se o bebê precisar ir para a UTI?

É muito difícil prever quando o bebê terá alta; conforme o bebê amadurece, ele passa a respirar sem precisar de ajuda, sugar com mais eficiência e começa a recuperar seu peso e, assim, sua volta para casa fica mais segura. Em geral, para o bebê ter alta, precisa estar respirando sozinho e sem a necessidade de oxigênio, precisa estar se alimentando adequadamente pela boca (e preferencialmente mamando no seio da mãe) e ter um peso mínimo. Todos os bebês perdem peso após o parto e levam alguns dias para sua recuperação. Nos prematuros esse processo costuma levar mais tempo. A icterícia, que precisa ser controlada e a avaliação de outras situações relativas à imaturidade do recém-nascido podem alterar os critérios e o tempo da alta.


O que os pais podem fazer?

É uma fase e vai passar. Estar junto ao bebê é importante e pode trazer emoções controversas. Assim como você quer levar seu bebê prematuro para casa, existe a consciência de que ele precisa ainda de suporte médico e que o hospital ainda é o lugar mais seguro para ele. Converse com a equipe do hospital para saber como tirar o seu leite para oferecer ao bebê e como o pai pode incentivar a mãe nesse sentido. O leite da própria mãe é o melhor alimento para o bebê, mesmo que ele não possa receber esse leite em um primeiro momento. A presença dos pais, sua voz, seu toque também são muito importantes na recuperação do bebê e fazem toda a diferença no tratamento que ele está recebendo no hospital. A equipe do hospital estará com vocês para compartilhar cuidados do bebê e ajudar na alimentação, na troca de fralda, banho e em outros cuidados.


Fonte: SBP
DEPARTAMENTO CIENTÍFICO DE NEONATOLOGIA

#marcolilas#pediatria#neonatologia#pediatriaintensiva#utipediatrica

30 visualizações4 comentários